12:40

Encontrar alguém bonitinho, pra namorar, ficar, curtir, sair, é fácil. Difícil é encontrar alguém que te aceite. Que aceite teus problemas, teus dias ruins, teus defeitos e mesmo assim queira ficar com você, pra te ajudar a resolver, superar, te amar e te tratar como única, é raro encontrar pessoas assim. Eu sei, são poucas, mas ainda existem.

Sorry, but I love you 

12:25
- Meu Deus, eu fui tão burro.
- Você foi burro pelos motivos certos.
- Como se isso importasse.
- Importa, as vezes isso é a unica coisa que importa.

Supernatural.

10:39

Tive que aceitar aquela dor, com o tempo aprendi a me calar diante dos momentos de tristeza. Ninguém precisava saber o quanto aquilo doía por dentro. Naquele instante a minha única companhia era eu mesmo.

 Cartografei.

10:39

10:39

E só então percebi que estava diante de uma criatura cheia de delicadeza e carinho. Que se traia sem se dar conta. Ao mesmo tempo que se encolhia numa mistura de insensatez e incoerência. Uma verdadeira preciosidade. Uma joia, linda e espiritual. Talvez algum homem, uma coisa qualquer, um dia a destruísse para sempre. Fiquei torcendo para que não fosse eu.

Bukowski sobre ” A mulher mais linda da cidade”

10:04
Sempre gostei mais do silêncio do que do barulho. Sempre gostei de estar só com pessoas queridas do que no meio da multidão. Sempre gostei mais do amor do que da paixão. Sempre gostei de fazer aquilo que quero e não o que querem que eu faça. Sempre gostei de ser eu, sem me preocupar com o pensamento dos outros. Quem gosta se aproxima, quem não gosta critica.

— Caio Augusto Leite

8:16

8:13

Pedi pra mãe – me interna, tô infeliz pra caralho. Acontece que esses dias estão tortuosos e eu não desejo levantar-me daqui, a poltrona já adquiriu o formato do meu quadril e a TV me dá o entretenimento necessário para continuar trancafiado aqui. Sossego é o que eu quero. Desde que ela fora embora, eu ouço versos que me falam sobre amores arruinados, o coração já não bate, esquecera completamente o tal do Tum-tum-tum. Será que o coração bate assim? Há algum tempo que não sei como ele reage, porque os dias estão vazios. Sabe toda aquela ideologia de que é possível viver sozinho? Pois é. Acreditava nisso piamente porque ela estava ao meu lado, agora que se foi, tudo é cinza. E eu chorei um oceano inteiro essa noite. Eu precisava esvaziar. Porra eu preciso ser internado.

Caio Fernando Abreu.

8:12
Aprendi também a não contar muito com os outros: na medida do possível, faço tudo só. Dá mais certo.

Caio Fernando Abreu.

9:24